Uma Jogada de Mestre

São Bernardo vence Santo André no clássico do ABC 

19 FEV 2017
19 de Fevereiro de 2017

A manhã deste domingo (19/02) marcou o clássico do ABC, entre Santo André e São Bernardo, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André, pela quarta rodada do Paulistão. O Bernô jogou bem e marcou o gol da vitória em um erro do adversário.

O resultado coloca o time de São Bernardo na terceira posição do Grupo A, com 6 pontos, enquanto que o Ramalhão conhece sua primeira derrota e permanece com 5 pontos, em terceiro no Grupo C.

  Torcedores enfrentam forte temperatura para acompanhar o clássico do ABC (Foto: Alex Ricardo/Master)

Bola rolando

O São Bernardo começou a partida como se estivesse jogando em seus domínios, pressionando e mantendo a posse de bola durante todo o primeiro tempo.  A equipe dirigida por Toninho Cecílio aceitou ser envolvida pelo Tigrão e não conseguia chegar ao gol defendido por Daniel. O mau futebol praticado pelo Ramalhão na eliminação da Copa do Brasil para o Criciúma, se repetia.

Falha e gol

O lateral-direito Jean tentou recuar a bola para sua zaga, mas colocou pouca força no chute e entregou de presente para o atacante Walterson, que acreditou na jogada e saiu cara a cara com o goleiro ramalhino, chutando rasteiro para abrir o placar, aos 17 minutos. 1 a 0.

Postura diferente

O Ramalhão voltou para o segundo tempo com a entrada de Guilherme Garré e Claudinho, nas vagas de Jean e Eduardo Ramos, respectivamente.

O time mudou completamente, e começou a manter a posse de bola, chegando com perigo à meta do goleiro Daniel, nas jogadas de Garré e Claudinho.  A primeira chance do empate veio com o chute cruzado de Claudinho, com linda defesa do goleiro adversário. O atacante Deivid entrou e também teve pelo menos uma chance clara para marcar, parada nas mãos do goleiro do Tigre.

O time dirigido por Sérgio Vieira ficou aguardando um contra-ataque, que veio quase no fim da partida, com o chute de Edno, para grande defesa de Zé Carlos.

Vitória justa

Apesar de ter marcado no erro do adversário, o São Bernardo mostrou equilíbrio e ofensividade frente a um Santo André que se limitou a defender-se na etapa inicial. O trabalho do técnico Sérgio Vieira começa a surtir efeito e a equipe começa a demonstrar maturidade e “DNA” ofensivo.

Em uma semana, a equipe ramalhina chegou ao segundo resultado negativo dentro de casa. O time precisa criar mais no setor de meio campo e mostrar maior ofensividade.

Ficha técnica

Santo André: Zé Carlos; Jean (Garré), Reniê, Leonardo e Fernando Neto; Baraka, Dudu Vieira ©, Eduardo Ramos (Claudinho) e Diogo Orlando; Edmilson (Deivid) e Henan. Técnico: Toninho Cecílio.

São Bernardo: Daniel; Paulo Henrique, Edimar, João Francisco e Eduardo; Geandro, Vinícius Kiss (Willian), Fellipe Mateus (Paulo Marcelo) e Marcinho; Walterson (Braga) e Edno ©. Técnico: Sérgio Vieira.

Gol: Walterson 17’1T

Cartões amarelos: Edmilson e Jean (Ramalhão); Paulo Henrique (Bernô).

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho e Mauro André de Freitas

4º árbitro: Alysson Fernandes Matias

Público/Renda: +3.800 / +R$ 63 mil

 

Destaque final – O Santo André visita a Ferroviária na próxima quarta-feira (22/02), às 19h30, na Fonte Luminosa, em Araraquara. O São Bernardo também joga na quarta, um pouco mais cedo, às 17h, e recebe a visita do Mirassol, no Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo.

por Manuel Leiria 

Voltar

 Uma Jogada de Mestre